foto

Quando comecei a consumir a super bebida melhorei todos os problemas de rinite alérgica que tinha há muitos anos e que me provocavam obstrução, comichão e corrimento nasal. Sucedia igualmente que no inverno, em dias mais húmidos, de manhã ao levantar-me tinha sempre expetoração na garganta indiciando infeção, e todos estes sintomas felizmente desapareceram.

 

Para além disto, desde os meus 13 anos de idade que necessitava regularmente de medicação para os problemas de estomago, as melhorias foram significativas pois nunca mais necessitei recorrer aos medicamentos. Tive prova das suas qualidades terapêuticas quando estava a aguardar a chegada de nova encomenda e por algum tempo tive sem tomar a bebida. Voltei a sentir de novo alguns sintomas ao nível da digestão e sensação de enfartamento, podendo descreve-los como uma necessidade de limpeza do organismo.

 

Em relação á bebida Moa, refiro igualmente o caso do meu pai (Carlos Santos), há mais de 20 anos que teve um cancro com remissão total na laringe. No entanto e decorrente dos vários tratamentos de quimioterapia e radioterapia local que lhe causaram queimaduras na zona afetada, tem desde então problemas de salivação e secura na boca. Ele afirma que desde que começou a tomar a bebida Moa, não necessita recorrer às pequenas pastilhas que utilizava para auxiliar na produção de saliva, sente maior lubrificação na garganta e vias respiratórias. A acrescer a isto desapareceu-lhe a sensação de formigueiro que sentia ao nível dos pés e pernas e para o qual os médicos nunca encontraram explicação e/ou solução.